quarta-feira, 15 de junho de 2011

"Sabes... não tenho a tua fé!"


Ouvi-a com atenção, falou-me dos sacramentos que recebeu no passado, das vezes que foi á Missa Dominical, enquanto a mãe a mandou ir, da catequese que chegou a dar... da iniciação cristã que deu ao filho, das missas que manda rezar pelos entes queridos que já partiram. Falou-me ainda sobre o quanto peca cada vez que vai á Missa... que ao olhar para tanta hipocrisia murmura, que lhe custa muitíssimo o que vê e ouve de injusto, de tantos que se dizem caminhar para Deus!

Disse-lhe... que não nos podemos perder, na maldade dos outros, nas palavras menos simpáticas do Sr. Padre, nas intrigas da comunidade. Garanti-lhe que quando vou á Missa, vou porque quero fazer festa com JESUS, porque quero Comungá-LO, Amá-LO e Adorá-LO. Alertei-a para o quão importantes JESUS, nos faz... "repare... que quando Comungo JESUS, torno-me Sacrario Vivo de JESUS, Ele vem até mim... até ao meu coração, onde posso Adorá-LO e Amá-LO..."

Ouviu-me com atenção e em silêncio, senti-lhe a admiração nas palavras que não disse e argumentou que não tinha a minha fé. A sorrir, garanti-lhe que esta fé que ela mesma vê, não é minha mas Dom de Deus... que também ela o deve pedir!

Lancei a semente... agora o resto é com N. Senhor!

Sem comentários: