sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Sacramento da Reconciliação.



Disse-me:

- "Oh, mãe!!! Eu não quero cofessar-me a outro padre! Porquê mãe? Porquê mãe, não me ouves?"

Ouvi bem as suas questões, e... as suas também são as minhas questões! Respondi-lhe apenas: "Padre, é padre. Habitua-te a confessar-te a qualquer padre!"

- "Mãeeee! O padre disse os meus pecados, e depois perguntou-me se era isso que eu queria confessar?! - Abri os meus olhos de espanto e argumentei:

-Diz-me, além do que o padre disse, tinhas mais algum "pecado" para confessar? - "Não, mãe!"
-Diz-me ainda, o padre deu-te a absolvição e penitência? - "Sim."
-Então cumpre a penitência e o Sacramento da Reconciliação estará completo!

O que eu não disse; foi que também eu me senti "mal confessada"... ás questões que coloquei, não me foi dada qualquer direcção espiritual...

Peço a N. Senhor, que me ilumine e guie até encontrar novo confessor...

Sem comentários: