quarta-feira, 16 de novembro de 2011

O Pão, a marmelada e Deus!




Vivemos tempos difíceis, esta crise generalizada e contagiante... que não dá sinal de ir-se embora tão cedo!

Não vivo ainda, tempos de crise aguda... mas como qualquer família portuguesa faço as minhas contas e  "ginástica" ao orçamento familiar.

- "Ofereceram-nos pão! Também quer?"

Absorta nas minhas tarefas, sorri e disse-lhe: - Não, obrigada!" - Olhei e ainda ali estava... como que á espera de uma resposta sensata. Sorri-lhe de novo e de novo indagou:

- "Ofereceram-nos pão! Também quer?" - Multipliquei o agregado familiar pelos pães (bolinhas/ carcaças/ papo seco) e disse-lhe o nº. Meditei no meu intimo no que estava ali a passar-se... agradeci a Deus o gesto da oferta do pão... a insistência na partilha, pedi apenas o que julguei ser justo e aceitei com humildade.

Na manhã seguinte... entrei no café, com o mesmo sorriso que habitualmente levo comigo, duas coisas que me acompanham sempre é JESUS e o meu sorriso... pena que muitas das vezes, tenho que o encarcerar (ao sorriso).

Á minha espera, o café em cima do balcão acabadinho de sair, o copo com água e o adoçante... sou de hábitos certos, já nem preciso de pedir... estendi-lhe a minha mão e de uma só vez, "dei-lhe" Maria e JESUS! Uma pequena dezena... singela, mas bonita e abençoada pelo Sr. Padre, pois que a quem se destinava, não vai á Missa!

Os seus olhos rasgaram-se de alegria, ao ver aquele pequenino pacote com o selo de Fátima! Abriu, sorriu e caiu num choro... as palavras que proferiu, guardei-as no coração e levo-as a JESUS. Ouvi o seu choro... a sua dor por tão grande saudade dos seus falecidos pais... foi há tão pouco tempo e um de seguida ao outro... quase que partiram de mão dada!

Falei-lhe do luto, da dor, da saudade... que dói... dói tanto que até fere... mas quando assim dói, é sinal que começou a curar! Limpou o rosto... que havia sido lavado pelas suas lágrimas... e de rompante ofereceu-me marmelada!

- "Tome... fui eu que fiz! Gosta? Não ficou muito bem... mas está saborosa!" - Lembrando-me do dia anterior, do episódio do pão... agradeci e aceitei com um sorriso!

Afinal, nestas coisas de levar JESUS... nem sempre tem sabor amargo, desta vez soube-me a marmelada, e estava mesmo saborosa!

LOUVADO seja N. SENHOR JESUS CRISTO e SUA MÃE Mª SANTISSIMA

4 comentários:

Dulce disse...

Amiga
tenho vindo a absorver tudo o que partilhas e hoje deixo cair um sorriso e uma lágrima. Parece contradição, mas elas andam de mãos dadas tal como a vida de Jesus. Sofreu para nos libertar. Logo a dor e a alegria caminham juntas, tal como os sentimentos de quem O segue. Louvado seja Deus por nos ensinar a dar e receber pequenos gestos de amor do, e para o próximo.

Eu também levo no coração e estampado em mim Jesus cá dentro e um sorriso: que não mais do que Ele a transbordar na nossa face:)))
Beijinho grande e que o Senhor mantenha e rasgue mais ainda esse sorriso para os outros, porque ele faz maravilhas nos rostos dos outros.

teresa disse...

que lindo amiga ,, a sério , tocou aqui mesmo no coração ..

beijo ..

concha disse...

Amiga!
Este post é a prova de que quando seguimos os passos de Jesus,somos sempre surpreendidos.É impressionante como aqui está presente que o outro é Cristo e que não se pode perder nenhuma oportunidade de o testemunhar.
Um abraço forte na Paz

Filha de Maria disse...

Amigas; Dulce, Teresita e Concha...

tenho andado muito ocupada (demais até), mas li as vossas generosas palavras, que me ajudam.

Pois que seja tudo, para maior Glória de N. Senhor Jesus Cristo.

Beijinho fraterno para vc's