sábado, 17 de dezembro de 2011

O Martirio!



Finalmente encontrei o Sr. Padre.

Fiz a minha confissão mensal e como penitência foi-me pedido: "renove a sua consagração a N. Senhora." - Como que se adivinhasse o meu desejo de fazer a Total Consagração a N. Senhora...

No fim... expus-lhe a minha "agonia"... pedi-lhe aconselhamento...


Lembrou-me o Sr. Padre; de como Jesus foi acusado injustamente, das tantas perguntas que lhe faziam para O apanharem em falso, ao que Ele respondia com perguntas... de como Ele se manteve em silêncio diante de Pilatos. Aconselhou-me a imitá-LO... a oferecer a minha agonia, pelas minhas intenções, por amor a JESUS!


Olhou para mim e para o Cristo Crucificado ali mesmo ao meu lado, e falou-me no martirio... "não sei qual martirio custa mais, se aquele que mata de uma só vez, ou se aquele que nos mata aos poucos... lentamente..." - "Não é fácil viver isso... e por muito que se sinta a morrer lentamente, ofereça... ofereça... mais vale perecer ás mãos dos homens. Mantenha um coração de "ovelha", porque Jesus só é pastor de ovelhas... jamais de lobos... não se esqueça da prudência!"

A Santa Missa ia começar e deixei algumas questões para outra altura...não havia tempo!

No fim da Homilia, o Padre falou sobre o Tratado da Verdadeira Devoção a N. Senhora, segundo o método de S. Luís de Monfort e o meu coração alegrou-se finalmente... pois é isto mesmo que eu quero fazer...

Será que encontrei finalmente o meu director espiritual?

2 comentários:

malu disse...

Deus queira, esperemos que sim! ;)

Bjs e um Santo Natal.

Filha de Maria disse...

Para ti também, minha querida! A ver vamos, até onde o E. S. me conduz...