sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

O Combate Espiritual!



O "meu" Pároco, tem por hábito reunir-se periodicamente com cada grupo da sua paróquia. Essas reuniões, são pautadas, pela oração, formação e tratamento de casos práticos.

Numa  dessas reuniões, começámos por um momento de Adoração Eucaristica.
Ajoelhada diante de N. Senhor, tenho a noção de que, não lhe disse muito... não consigo rezar de mãos abertas... sinto-me mais impelida a colocar as mãos, como N. Senhora é representada na Sua imagem de Fátima. Não sei explicar porquê...

Recordo, que me coloquei apenas diante D'Ele. A dada altura, era-me inspirada uma imagem - duas espadas lutavam entre si, sózinhas - não entendi, mas continuei ali diante de Jesus. De seguida, era-me inspirada uma nova imagem... - apenas a silhueta de N. Senhora (esclareço que não se trata de visões), e uma frase que pulsava no meu coração: "É nitidamente uma obra de N. Senhora." Apenas isto!

Não senti fogo algum no coração, nem nada de extraordinário... aliás, não entendi nada. Depois desse momento, inclui tudo isto nas minhas orações, assim mesmo, sem entender nada.

Meses mais tarde, não recordo quantos, no fim da Missa o Pároco convidava a comunidade para uma sessão de esclarecimento sobre o movimento: Legião de Maria.


(continua)


Sem comentários: