quarta-feira, 25 de abril de 2012

Comovi-me...


... após ter pedido oração ao meu Pároco. As suas palavras, confirmaram-me na fé... no caminho... ciente da minha pequenez e fragilidade, esperava correcção. No fim, confiou uma vez mais à minha oração, as suas intenções, que são muitas e diversas. Já nem lhe digo que sim, pois este não é um compromisso que tenho para com o meu Pároco, mas sim com JESUS, quando há uns anos em oração me senti inspirada a "entregar-me" a JESUS, por "eles"(imagem de vários rostos, onde constava o rosto deste sacerdote), estava longe de saber que viria a ser o meu Pároco... daí, eu assumir que o meu compromisso é com JESUS!

O que mais me comove? É na sua "ignorância" (desconhece este episódio acima relatado) e simplicidade, confiar-se a si próprio e às sua intenções, à minha oração! E nada lhe pergunto...


2 comentários:

Ailime disse...

Olá amiga Filha de Maria,
Acabei de ler este seu desabafo e muitas coisas me vieram à ideia.
Uma delas foi esta frase que vou deixar e que me foi dita (mas não me era dirigida) por um Sacerdote no Natal passado depois de algo que lhe confessei: "há pessoas que são já por si próprias uma oração".
Um beijinho fraterno.
Ailime

Filha de Maria disse...

Amiga Ailime;

Dá que pensar essa frase...

Grata pelas suas palavras.

Beijinho fraterno