terça-feira, 17 de abril de 2012

Ser Igreja...

... é ser comunidade! É caminhar no mesmo sentido, com a mesma intenção...


Há pessoas que nos evangelizam, mesmo depois de terem partido para a Casa do Pai!
Por agora fico-me por aqui... rezo a N. Senhora, para que me ajude a avançar... a perder o medo de ser Igreja!



8 comentários:

Concha disse...

Querida Filha de Maria
É que nem tenhamos ilusões,porque não nos salvamos sózinhos.Por vezes apetecia-me dizer, áquelas pessoas que ainda pensam que estar em igreja é serem elas e Deus, que é nos outros que O encontramos.Só em comunidade somos capazes de nos confrontarmos connosco,principalmente nas nossas imperfeições.É bom que eu própria não esqueça isto, porque também por vezes tenho a tendência de querer um Deus feito à minha vontade e egoístamente só meu.
Beijinho grande com votos de uma semana cheia de Luz na tua vida e na dos que aqui passam

Filha de Maria disse...

Amiga Concha;

Entendo-te, mas o caso não é de "fazer" um Deus á minha medida, e muito menos ter a ilusão de me salvar sózinha... pelo contrário.

Este caso... é o fruto que ficou, de uma comunidade com pessoas a necessitarem de uma conversão verdadeira e profunda...

Ficou o medo... é medo, nada mais! Só N. Senhor me poderá curar...

Concha disse...

Querida amiga
De modo algum quis dizer que eras tu.Se fosse esse o caso,procederia de outro modo.Unicamente quis dizer que as comunidades são formadas por pessoas que não se escolheram e como tal têm diferenças com o que nem sempre é fácil de lidar.Referia-me a um certo tipo de espirítualidade que se faz em linha directa com Deus, que pelo que vou percebendo do que partilhas nada tem a ver contigo.Quanto ao medo, quem não o tem?Não pode é tolher-nos de caminhar.
Beijinho grande amiga

Filha de Maria disse...

Entendo-te Concha...

Neste caso em particular, sinto que me tem tolhido. Não deixo de ir à Missa, de rezar diáriamente... mas deixei de participar de uma forma mais activa.

Quero pensar que é temporário... mas analisando-me, vejo que o medo me tolheu!

Beijinho fraterno

Ailime disse...

Olá Amiga Filha de Maria,
Uma grande verdade que partilha.
Há pessoas que deixam uma aura que nos marca para sempre e que farão a diferença.
Por isso Deus as chama para si!Abraço fraterno
e que Maria continua afectuosamente a protegê-la.
Ailime

Filha de Maria disse...

Ailime;

Obrigada pelas suas palavras, que ajudam a caminhar.

Beijinho fraterno

Lucinha disse...

A Igreja somos nós.
Não devemos olhar para o ser humano, e sim para aquele que deu a vida para nos salvar.
Todos nós deveríamos caminhar na mesma direção, assim como essa mensagem, mas se isso não acontece, devemos seguir os passos do Senhor.
Obrigada pelo carinho. Já me recuperei.
Beijos

Filha de Maria disse...

Lucinha;

Obrigada pelas suas palavras.

Fico feliz por saber que está melhor.