sexta-feira, 11 de maio de 2012

Apetecia-me...



... sentar, neste banco de jardim... deixar-me ficar de olhos fechados... respirar apenas...

Tenho uma vontade imensa de chorar... sem motivo aparente, há-de ser cansaço acumulado, sei lá...

Cansada de ver o que não gosto,
Cansada de ouvir o que não quero,
Cansada de fazer o que não me apetece,
Cansada de me sentir... como não gosto...

Olha, Senhor Jesus, entrego-te tudo... e a Ti me confio!

7 comentários:

Ailime disse...

Olá amiga Filha de Maria,
Também me tenho sentido assim.
E ainda ontem ouvi algo que me deixou muito triste.
Quando não somos exemplo...que nos resta?
Parar e descansar um pouco e confiar em Jesus e esperar.
Um abraço.
Ailime

Fa menor disse...

Estou na mesma...
Rezo como tu:
"Olha, Senhor Jesus, entrego-te tudo... e a Ti me confio!" e Te confio os meus!

Obrigada. Bjinhs

Filha de Maria disse...

Ailime e Fa;

Unamo-nos então em oração:

Olha Senhor Jesus, entrego-Te tudo... e a Ti me confio, e Te confio os meus!

Beijinhos fraternos

Joana disse...

Então Filha de Maria, está como o pe. Tiago do confessionário?

Todos temos dias menos bons,apesar da minha curta experiência de vida, também já me senti dessa forma algumas vezes.
Mas tudo passa, talvez seja mesmo verdade que o sofrimento nos aproxima mais de Deus. Que estranha forma de nos aproximar d'Ele não acha, devia aproximár-nos quando estivessemos felizes em momentos de alegria e não de dor.

Mas, que sabemos nós de Deus e das suas razões, motivos e designios?

Um grande e redondo NADA!
Apenas confiar, não desistir, esperar e entregar.
Tudo se há-de resolver da melhor forma possível. Não desanime, estamos todos unidos no mesmo barco à espera de desembarcar no mesmo Porto de Abrigo.
Muita Força e muita Luz!

bjs :)

Filha de Maria disse...

Joana;

É mais cansaço de... exaustão, de tantas obrigações, de tantos "tenho que fazer"... e confesso, que ás vezes sabe bem, não ter horários, não ter o que fazer... por vezes faz falta, acho eu, não sei...

Beijinho fraterno

malu disse...

entendo-te. Até de mim às vezes preciso fugir e... é para Fátima. abandono-me por lá... nas mãos da Mãe. Naquele 'logo se vê' e Ela intercedendo, fará.

Renova-me. Recomeço.
Um dia de cada vez.

Bjs.

Filha de Maria disse...

Malu;

Pois... mas nem sempre posso fugir para lá... e tenho que continuar...