terça-feira, 26 de junho de 2012

Não me sinto dona da Razão...


... da boa consciência, mas procuro sempre agir antes pela razão, do que pela emoção!

Sou assim, desde que me lembro de existir... antes de uma escolha: ouvir, observar... sentir e só depois agir!

Nem sempre o consigo fazer na perfeição, mas tento, a sério que tento, a cada dia e um após outro dia...
Quando descubro que a não tenho (razão), procuro emendar-me, peço desculpa... rectifico, se preciso for!

Houve momentos na minha vida, que senti arrependimento de não me deixar guiar pela emoção... mas olhando para trás, isso poupou-me a dissabores e por isso mesmo, continuo no mesmo trilho.

Aprendi que numa discussão, são precisas pelo menos duas vozes... e quando assim é, calo a minha voz e isso em vez de acalmar, parece enfurecer ainda mais... a sério, ás vezes pareço caminhar ás cegas! Gostava de me deixar ir pela emoção... mas nunca assim fui...

Santa Mónica, rogai por nós!