segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Já falei com o meu Pároco...



... e em espirito de obediência, contei-lhe tudo!
Contei-lhe os meus sofrimentos de há mais de um ano, a esta parte. Expliquei-lhe que ao me afastar da minha Paróquia e da Paróquia onde recebia orientação espiritual, não me afastei de Deus... mas que experimentei diversas "dificuldades". Ficou agora a perceber o meu afastamento - a minha grande necessidade de silêncio - abreviei tudo, o mais que pude... e nisso não faltei à obediência!

Não era meu objectivo expor ninguém, nem os erros alheios... mas antes pedir e receber ajuda!

Começo agora uma nova etapa:

1º Oração de libertação, por quem me tem feito chorar.
2º Exercicios espirituais - para a Total Consagração a N. Senhora.

2 comentários:

Ailime disse...

Olá amiga Filha de Maria,
Que bom que voltou!
Parar, silenciar é muito importante para o nosso enriquecimento espiritual.
E como já temos falado (escrito) como essa ajuda é tão necessária.
Nem imagina como me tenho sentido!
Que pela oração e consagração a Nossa Senhora obtenha todas as graças e que o Senhor a abençoe.
Abraço fraterno.

Filha de Maria disse...

Amiga Ailime;

enviei-lhe um email :)


Um grande beijinho fraterno