sexta-feira, 24 de maio de 2013

No colo da Mãe!



Por momentos, senti-me longe dali e assim que pude, fui-me embora.

Procurei, onde os seus restos mortais repousavam e a cada um deles disse-lhe: Perdoo-te! E em seguida rezei!

Não chorei, mas senti que abraçava aquele de quem mais saudade tenho... não sei como explicar, mas  também sentimentos não se explicam, vivem-se!

1 comentário:

Ailime disse...

Olá amiga Filha de Maria, é isso os sentimentos vivem-se e de que maneira! Beijinhos fraterno. Ailime